domingo, 20 de janeiro de 2013

“igual a todo mundo, como todo mundo faz”.


“Não se curem além da conta. Gente curada demais é gente chata. Vou lhes fazer um pedido: vivam a imaginação, pois ela é a nossa realidade mais profunda. Felizmente, eu nunca convivi com pessoas muito ajuizadas.”
Nise da Silveira

Sem comentários: