terça-feira, 25 de setembro de 2012

Pensamento do dia

Oh David Fonseca, que raio tens tu para eu te achar tanta graça? Não sou especialmente fã, guardo um sentimentalismo desmedido por uma ou duas músicas mas de resto, és daqueles que fico a ouvir se estiver tocar mas raramente te procuro.
Talvez seja a familiaridade da voz, há anos que a oiço mas é curioso que o que me prende sempre é o olhar....só ainda não consegui descobrir quem ou o quê que me lembra.

In the meantime....

Sem comentários: