sábado, 26 de novembro de 2011

Querido Pai Natal

Já sei o que quero para o natal
dormir uma noite sem interrupções, por longas horas e acordar de manhã para um pequeno almoço continental.
Quero uma noite num hotel em lisboa (não me apetece ir longe), sair do trabalho, jantar e enfiar-me na cama a dormir até de manhã de preferência sob o efeito de dois ou três copos de vinho e dormir, simplesmente dormir (sozinha!)
sem interrupções, sem ouvir os vizinhos que chegam tarde e os que saiem cedo, sem ouvir carros a chegar, nem conversas na rua, quero paz...uma noite para desintoxicar o meu corpo privado de sono e noites bem dormidas.
Sim, Pai Natal, se não trazes isso no saco, vou providenciar essa prenda a mim mesma!
(para juntar à grande que comprei ontem!)

Sem comentários: