quarta-feira, 9 de março de 2011

Quantas vezes...

não damos por nós a pensar 
"devia ter dito isto!"
"devia ter feito isto, devia ter arriscado!"
mas sempre depois, quando já nada podemos fazer.
O tempo voa e não há nada que o faça voltar para trás.
Cada vez mais, devíamos pensar menos e fazer mais.

Sem comentários: