sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Recebi isto pelo Natal

embora só tenho recebido a prenda na passada quarta feira :D
Obrigada Miss DuVal
a questão é.....
porque razão este livro é a minha cara?
Sinopse
A maior parte das crónicas reunidas neste livro surgiram ao fim de dois anos de muita insistência por parte da autora à direcção do semanário O Independente, onde colaborava há cerca de três anos. Com o término dos suplementos anteriores, que deram lugar ao suplemento Vida, foi possível concretizar o que, mais do que um sonho, foi sempre uma certeza da autora - a de que iria «abanar os alicerces» de algumas mentalidades. Assim foi e, durante cerca de sete meses de duração da rubrica homónima, falou-se semanalmente, sem tabus, de sexo e relacionamentos, obviamente numa perspectiva autobiográfica (e não só, que os amigos deram ajudas preciosas com as respectivas experiências!), com humor, ironia e sentido de oportunidade e actualidade. Para além dessas, o livro reúne igualmente crónicas originais e outras da Perspectiva, da coluna "Cambalhotas" do Destak e da rubrica "A Guerra dos Sexos" da Maxmen. As crónicas estão organizadas num sistema crescente de «malaguetas»: as primeiras são relativamente toleráveis, mas para as mais picantes será conveniente prepararem o antídoto!
Divertidas, picantes, irónicas, sem preconceitos, são alguns dos qualificativos para estas crónicas, ideais para mulheres jovens, modernas e de forte personalidade, e para os homens que as apreciam assim.
O título brinca com uma frase que se usa habitualmente nos brindes entre amigos, que se pede sejam feitos «de copo erguido, olhos nos olhos e de pernas descruzadas» não vá acontecer a desgraça anunciada. Ao contrário, 7 Anos de Mau Sexo é o livro ideal para antecipar muitos e bons momentos de divertimento.


mais se informo que vou publicar muita coisinha daqui :D 
mas ainda assim espero....que não seja uma crónica de um passado distante nem o anúncio de um futuro nada promissor.
(e irrito-me quando percebo que me repito....dizer as mesmas coisas aqui e no facebook irrita-me!)

Sem comentários: